quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Law Abiding Citizen

Há filmes que me tocam especialmente e este foi um deles. "Um cidadão exemplar", é o seu titulo em português e   é o actor principal, que tem uma pinta que me pára o coração. Interpreta o Clyde, uma homem casado e com uma filha pequena. Vê a sua família ser assassinada na sequência de uma assalto na sua própria casa. Clyde sobrevive e vê o ministério  celebrar um acordo, que dá a liberdade ao autor do crime. Promete ao seu advogado que, caso ele não altere a situação, ele próprio irá resolver o problema da - falta de - justiça do país. Dez anos depois, ele volta com o prometido e a sua inteligência e perspicácia são qualquer coisa de fenomenal. Clyde deixa todas as pessoas sem uma única prova contra ele, apesar de todas as evidências mostrarem que ele é, de facto, o autor dos crimes. No entanto, tudo o que ele faz tem como objectivo, além de vingar a sua família, mostrar que o sistema de justiça não funciona correctamente. 


ps: Sim, ele foi vingativo e "mau", mas não deixa de ser um sexy. 



12 comentários:

  1. Ainda bem que gostaste da ideia, dá-me mais força para realmente a seguir :D

    ResponderEliminar
  2. Ah, e o teu comentário ontem meio que me deixou "satisfeita". Isto porquê? Porque eu quando desmaio - normalmente - também é por ser meio intolerante à dor. E isto revolta-me um bocadinho porque pensava que era só eu que tinha esta porcaria. E sinceramente odeio que falem nisto, faz-me sentir diferente... Só que nunca foram médicos a dizer-me isso, é mais o que se diz na minha família, porque os médicos dizem apenas que é normal, que eu estou bem. Mas pronto, ao menos não sou a única a ter uma tolerância mais "estranha" à dor e, por isso, a desmaiar. Só que o estranho é que ontem quando aconteceu não estava com dor nenhuma nem nada disso -.-

    ResponderEliminar
  3. ahh esse ar de bad boy ainda lhe fica melhor

    ResponderEliminar
  4. Ai ai, só me dá para suspirar. Estou a ver que tenho de ver esse filme, ai estou estou!

    r: exactamente. Felizmente a minha avó não é nada como a avó do F'. A minha tenta inteirar-se da actualidade, tenta evoluir a sua mentalidade segundo os dias de hoje e isso é uma mais valia. A avó do F' ficou presa nos anos 20 esquecendo-se que desde então já se passaram quase 100 anos... Se num ano as coisas mudam tanto imagina num século... O pior é que só faz uso da famosa frase «no meu tempo...» quando lhe convém aaafff, é mesmo só para chatear o neto e fazê-lo sentir-se ainda mais frustrado como se já não bastasse a frustração que é enviar CV's atrás de CV's sem obter resposta -.-

    ResponderEliminar
  5. Já vi esse filme há algum tempo e gostei :)

    ResponderEliminar
  6. Ai, tenho de ver!

    r: Tal e qual eu! Odeio que me mexam no cabelo, mas quando são eles...

    ResponderEliminar
  7. Para começar adoro este ator! *-* e vi o filme aqui atrasado na fox ou axn (um deles :p) e adorei! Acho que está um filme espetacular e toda a gente havia de o ver porque é o reflexo da nossa justiça também (e da justiça mundial)! Gostei bastante do filme!
    r. também não teria coragem de pintar o cabelo daquela cor, querida. Mas adoro na mesma!

    ResponderEliminar
  8. És a minha 100º seguidora sabias?:o

    ResponderEliminar
  9. Ainda não vi esse filme tenho que por na lista xD

    ResponderEliminar
  10. Por acaso ainda não vi o filme, mas tenho aqui na "pilha" para ver há algum tempo. Agora é que tenho mesmo que o ver!! Até porque tem o Gerard Butler e até é um sacrilégio não e ver ^^
    R: A partir de agora, o meu guarda-chuva vai comigo para todo o lado!!
    ****

    ResponderEliminar