terça-feira, 16 de junho de 2015

O tempo de espera.


Há um tempo para tudo. Quem nunca ouviu - com desespero - esta simples frase? Aceitar que nem tudo o que queremos alcançar, vem no imediato é duro. Exageradamente difícil até. Mas é um bem necessário. 

Mas esperem, a expressão mundana não é bem assim: "um bem necessário". Realmente é verdade, as pessoas do mundo, dizem que o tempo de espera é "um mal necessário" . Mas eu aprendi, que as esperas são um bem, um bem precioso. São o nosso tempo de reflexão.  As melhores coisas, são aquelas que demoram a vir, por dois - maravilhosos - motivos: 1) se a espera não fosse grande, a chegada não teria o mesmo sabor. Esperar por uma resposta da vida, é o mesmo que esperar por uma pessoa que nos é querida: as saudades vão-se acumulando e,quando a pessoa chega finalmente a nós e a felicidade vem de uma só vez é uma sensação inexplicável. 2) quando permanecemos firmes durante o caminho que é espera e continuamos com a mesma - intensa! - vontade de ter a nossa resposta ou "aquilo que for" é porque aquilo é realmente algo que queremos para a nossa vida. É porque aquilo é o mais certo e porque é bom para nós. Afinal, quem é que espera com firmeza aquilo que não quer realmente? Quem aguenta uma espera com pedras e pedregulhos no caminho se não for porque espera algo que é do nosso coração? Todas as paixonetas morrem nas esperas, pois só o verdadeiro amor prevalece. 

Que possamos ter coragem para enfrentar o caminho, força para o percorrer e sabedoria para ter a certeza qual o lado - direito ou esquerdo - que devemos seguir. Que nesse caminho, possamos aprender mais sobre a estrada que percorremos, sobre a luz que nos guia nas noites escuras. Que possamos reflectir sobre a vida e quem está dentro dela. Que possamos distinguir - com clareza - os verdadeiros dos não verdadeiros. Que, durante a espera, todas as nossas dúvidas se tornem certezas e que, no final desse caminho de pedras, a nossa resposta esteja lá, em cima de uma bandeja para nós. Nós, que fomos mais que vencedores, porque chegamos ao final. E superámos as angustias e os medos. 

7 comentários:

  1. Essa é, precisamente, uma das minhas maiores dificuldades. É complicado encontrar obstáculos ou sentir que a vida não está como queremos e ter paciência para esperar que o tempo chegue e que certas coisas que não podem resolver-se antes, acabem por se resolver no momento certo.

    ResponderEliminar
  2. O texto está excelente e o ponto de vista é de esperança. Mas nota-se que, ultimamente, não tens levado secas no dentista. eheheh

    ResponderEliminar
  3. Que perspetiva tão bonita, e o texto não lhe fica atrás.

    ResponderEliminar
  4. Saber esperar é uma virtude que nem todos têm :) gostei do texto anjinha e espero que esteja tudo bem <3

    r: aquele hematoma foi uma verdadeira obra d'arte xD

    ResponderEliminar
  5. Bonitas palavras.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar