segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Cenas algarvias

Durante a semana que passou, fui até Faro  em trabalho. Posso dizer que de Algarve não vi nada, e estava um frio do pior. Ganhei uma viagem no carro do padrão, um Audi série 6, para o qual "tenho muito poucas mãozinhas" e passo a afirmar: "Gente rica é outro nível". Uma viagem de três horas num carro destes não se pode comparar à Ford Transit de 6 lugares do meu pai. Mas vá, até aos dias de hoje sempre nos levou até lá, sem falhas! Por isso, não me posso queixar muito.  

A estadia foi no Adelaide Hotel, de duas estrelas. A decoração dos quartos era super gira, em tons de azul e estava tudo impecavelmente limpo. O que me agrada imenso, visto que já tive algumas más experiências a esse nível desde que ando nesta "vidinha de auditora". Já do pequeno almoço não podemos dizer a mesma coisa. Nem uma fatia de fiambre ou queijo. Podíamos escolher beber leite com chocolate, com café ou simples, e nas mesas estavam dois pães, com dois "queijos da vaca que ri".  

Uma pessoa a precisar de força para enfrentar um dia de trabalho e apresentam-lhe uma refeição assim...Ninguém merece! 


5 comentários:

  1. Epaaa, falha ao pequeno-almoço é que não *

    ResponderEliminar
  2. opáaa ninguém merece queijinho da vaca que ri para pequeno almoço pá xD

    ResponderEliminar
  3. Pode ser que para a próxima corra melhor :p

    ResponderEliminar
  4. Podias sempre ter ido tomar o pequeno almoço a um café qualquer, já que esse não te agradou.

    ResponderEliminar
  5. Tristeza... O que costumo gostar mais nos hotéis é o pequeno-almoço.

    ResponderEliminar