segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Steve Vai || CCB 23-07-2016

Ver o Steve Vai no Centro Cultural de Belém foi - sem dúvida - a melhor experiência musical da minha vida. Uma noite numa sala cheia de pessoas apreciadoras de música.  É um espectáculo de rock para se ver e apreciar sentados. Não pensem que é mais um típico concerto para se estar aos gritos e a cantar, até porque Steve Vai e a sua banda não têm voz. São duas horas de instrumentos, que deliciam qualquer coração. 

A pedido do artista as pessoas que saem da sala durante o espectáculo só podem voltar a entrar nos intervalos das músicas de forma a não existirem sons que interfiram com os instrumentos. Os pormenores a que Steve Vai habitua os seus fãs são realmente demonstradores de que a música é uma arte a ser preservada. Pelo registo que tem demonstrado - salvo raras excepções - ele gosta de actuar em locais de pequena dimensão e com excelente qualidade acústica. Algo nos seus espectáculos que também admiro é a pontualidade. Não é - realmente - o típico VIP que se atrasa.

Para além destes detalhes,  a qualidade dos músicos que leva para acompanha-lo é sempre muitíssimo alta. Fiquei - completamente - de queixo caído com o baterista e a sua energia contagiante e com o baixista que tinha um groove para lá do altamente. 

Steve Vai foi - e é! - considerado um dos melhores guitarristas do mundo. Um enorme e maravilhoso espectáculo, que nos deixou ver a pessoa por trás do guitarrista, que é alguém, ao contrário do que faz parecer, muito chegado ao público, ao ponto de chamar pessoas a subir ao palco para participar numa das músicas. Um momento que gostava de repetir.

Podem ouvir uma das suas músicas mais conhecidas For the love of God







Sem comentários:

Enviar um comentário